Queimadores

Fornecimento de calor, gases e vapor para processos industriais e na substituição de lenha e combustíveis fósseis por biomassa triturada;

Queimadores a seco; (gás de combustão) Queimadores tipo úmido (vapor);

Queimadores a seco com troca indireta (com trocador de calor);

Queimadores tipo úmido (com radiador).

Aplicações

  • Secagem de grãos; 
  • Secagem de penas; 
  • Secagem de biomassa; 
  • Estufas de hortifrúti; 
  • Caldeiras; 
  • Aquecedores de fluido térmico; 
  • DDGS (Dried Distillers Grains With Solubles); 
  • Queima de lodo; 
  • Fertilizantes.

Vantagens

  • Harmonização na temperatura de toda massa de gás em qualquer ponto;
  • Sensores, transmissores e CLP’s que fazem interação com a temperatura e umidade dos grãos;
  • Mínima modulação de temperatura;
  • Secagem uniforme de toda coluna de grãos em uma determinada umidade pré selecionada; 
  • Atuando sem necessidade de intervenção de operadores;
  • Economia de 30% menos de combustível em peso; 
  • Grãos com ótima aparência, sem odor de fumaça ou contaminação por alcatrão; 
  • Eficiência da combustão é acima de 90%, a da lenha é em torno de 60%;
  • Maior aproveitamento da floresta utilizando troncos e galhos para produção de cavacos;
  • Elimina a quebra do milho por descontrole ou excesso de temperatura;
  • Baixo custo de manutenção e troca de grelha;
  • Reduz drasticamente a contaminação dos grãos por odores de fumaça e resíduos de alcatrão;
  • Menor custo operacional, eliminasse a necessidade de mão de obra manual;
  • Atinge os níveis desejados de alcatrão para exportação a Europa;
  • Automação da logística do combustível, recebimento, dosagem, classificação;
  • Menor necessidade de armazenamento e tempo de estoque de combustível;
  • Na combustão com grelha fixa móvel com eficiência próximo dos 90% alcança-se os índices desejados de CO2, H20 (vapor de água), resíduos de cinzas, traços de NOx e de SO2;
  • Capacidade de operar com combustível úmido;
  • Menor geração de cinzas e material incombusto; 
  • Sistema de queima com injeção de ar primário e secundário para controle da combustão;
  • Na combustão com grelha fixa com eficiência de 60% há CO2, H2O, CO, material particulado (fuligem), resíduos de cinzas e traços de NOx, e de SO2;
  • Controle de depressões, perdas de carga, velocidades do ar; 
  • O CO é produto de uma combustão incompleta e é visualizado como fumaça e contém o alcatrão;
  • Zonas de temperatura homogêneas; 
  • Supervisionamento e automação dos ventiladores, avanço de grelha, dumpers e combustão;
  • O sistema tradicional a lenha apresenta variações de temperatura no secador que podem oscilar de 60 a 140°C ou mais. Quando isto ocorre, percebe-se por exemplo numa secagem de 13%, variações numa mesma coluna que podem ir de 13 % a 16 % de umidade.

Galeria de fotos:

Conheça também nossos outros produtos